verbo abraçar.

A verdade é que eu adoro abraços, mas não é qualquer abraço. E sabes que mais? Não existe nada melhor do que ser abraçada por ti! Não me canso de te abraçar, seja com a força ou com o tempo que for, ter-te perto de mim por uns instantes faz com que já tenha a dia ganho... Faças o que fizeres, mudes o que mudares, vás para onde fores, nunca deixes que te desapareça da memória o gosto que eu tenho de te abraçar nem de todas as vezes infinitas que cheguei á tua beira toda contente só por ter a certeza que não me ias negar mais um abraço. Trás-me sempre na tua memória e lembra-te: ABRAÇA-ME (só mais umas duzentas mil vezes)