é confuso, eu sei.

Eu não sei explicar porquê, mas as relações assustam-me. Já não penso da forma que pensava antes. É tudo tão diferente dentro de mim, agora. As coisas parecem mais confusas e perdidas... Há tempos só queria encontrar o meu príncipe encantado, mas no momento em que achei que o encontrei, descobri que não há ninguém perfeito, nem sequer a pessoa que amamos é perfeita. Todos tem os seus defeitos e é tão feio quando as pessoas não se encaixam por causa dos defeitos que têm.. Mete-me medo o facto de pensar que estou presa a alguém, que essa pessoa me prende. Mete-me medo o amor, o sofrimento. Neste momento não vejo nada que o amor posso ter de bom. Há momentos que nos sentimos bem, mas depois há aqueles que nos sufocam e esses, esses valem por todos os outros. Apoderam-se de nós e fazem de nós o que querem. É, e eu tenho muito medo. Por isso, vou-me deixar quieta no meu canto, não quero a presença de ninguém. Tenho os melhores amigos do mundo, e obrigada por estarem sempre do meu lado, mesmo quando eu não tenho razão ou faço asneiras. Obrigada por me chamarem á razão, porque sabem, eu amo-vos, da forma mas segura e confiante que pode existir e sei que o amor que sinto por vocês nunca me vai sufocar, nem fazer mal. Vocês são o melhor de mim. E eu com vocês, sou a pessoa mais feliz do mundo. Não preciso de mais nada. Não preciso de mais ninguém.

Sem comentários: